Páginas

sábado, 31 de janeiro de 2015

Deitar contigo

Ando por aqui, 
e por ali, 
a fim de te encontrar, 
e te sentir sem fim. 
Passo na sua porta, 
e enlouqueço... 
Só de pensar em teu corpo 
encho-me de desejo. 
Mas eu sigo... 
Sigo meu caminho, 
pensando na volta, 
e na vontade de deitar contigo.

―Maurivânia Medeiros

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores :