Páginas

quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

Até o Fim dos Tempos

É você quem estive pensando?
O que mais devo ou posso fazer?
Talvez devesse te esquecer,
Assim como um refrão sem começo, Sem fim. 
Nós vivemos para orar, 
Sem que as pobres folhas morram. 
Se você prometer que sempre estará ao meu lado 
Prometerei nunca te deixar. 
Se você disser que nada está errado 
Para sempre vou te amar.

- Jean Lacerda

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores :