Páginas

sábado, 7 de junho de 2014

“Por que a minha felicidade tem que depender infinitivamente de você? 
Por que quando você me diz que tudo vai ficar bem, fica? Por quê? Se não fomos feitos para durar ou se você acredita nisso ou não, por que tudo que eu faço ou tento fazer me leva de volta pra você? Me faz querer cair de novo em seus braços, te chamar de “meu”, e querer que o mundo termine em nós dois. Por quê?” 

- A culpa é mesmo das estrelas?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores :