Páginas

sábado, 21 de junho de 2014

“Eu sinto saudade. Apenas isso. Não tenho como controlar. Vi uma foto sua e sorri. Sorri um sorriso que me transportou para o passado, para onde tudo era sereno e seguro.
Sinto falta de deitar no seu colo, lá eu sabia que tudo tinha jeito. Que tudo tinha saída, solução. A sua risada doce e sincera eram garantias de que tudo ia dar certo.”

- Clarissa Corrêa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores :