Páginas

quarta-feira, 30 de abril de 2014

Foi pra você que eu guardei todas as partes boas

Eu só queria saber como você consegue. Desde o dia em que coloquei os olhos em você, eu me perguntei como você consegue ser tão assim, sabe? Tão você. Queria entender o porque de eu ter me sentido a pessoa mais segura e protegida do mundo, quando você me abraçou naquela rodoviária. E mesmo depois disso. Eu continuei me sentindo a pessoa mais sortuda do mundo por estar com você. Porque com você, eu consigo sentir a paz que eu sei que não vou encontrar em nenhum outro lugar do planeta. E tudo fica bem quando é você, sabe? Quando é o seu abraço, quando é o seu sorriso, o seu cuidado. Quando é você me dizendo que tudo vai dar certo. E por mais incrível que pareça, sempre dá certo. Até quando dá errado. Porque até me meter em roubada com você, parece ser uma boa ideia. Porque você escuta os meus silêncios. E mesmo que eu seja meio louca, meio de mentira, meio mais-ou-menos, foi pra você que eu guardei todas as partes boas de tudo isso. E não me arrependo. Porque você, é do tipo de pessoa que fica. Independente de tudo. E você tem ficado. Aqui. Comigo. Com a gente. E se é possível mesmo, que um lar seja uma pessoa e não um lugar, você, é o meu.

- Quietude.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores :