Páginas

quarta-feira, 12 de março de 2014


(...) Depois disso “ele” a trata friamente 
como se nunca tivesse lhe revelado nada. 
Como se nunca tivesse lhe confessado o seu amor... 

- Daiana Desiderio

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores :