Páginas

terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

Sei que não sou perfeita, posso brincar em horas erradas, posso ser impulsiva, cheia de manias, cabeça-dura, braba e etc. O “etc” fica por conta de crises de TPM assustadoras, draminhas librianísticos, esquisitices amorosas, chatice de querer tudo explicadinho e neurose do tipo I (preciso-falar-tudo-que-eu-penso-agora) e do tipo II (preciso-conversar-sobre-o-que-me-incomoda-nesse-momento). Tudo bem, eu concordo com tudo isso. 
Meus defeitos são péssimos. E eu queria ter o corpo da Cicarelli. 
Mas eu sou exatamente assim: imperfeita (e sem corpo de Cicarelli, sorry). 
Mas sou apaixonada por você. 

— Clarissa Corrêa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores :