Páginas

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Não chorei, não gritei, não fiquei chateada, não bati pé. 
Pra que fazer tanto barulho? Que vá, nunca me pertenceu.

 — Caio Augusto Leite

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores :