Páginas

terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Me cuidarei, pode deixar. 
Me cuidarei para estar inteira amanhã de novo, para te ver de novo. 
Me cuidarei para nunca encontrares um arranhão sobre a minha pele.
E cuidarei do meu humor, dos meus cabelos, cuidarei para não perder a hora (…) 
cuidarei para não te esquecer, vou me cuidar. 
Me cuidarei ao atravessar a rua, me cuidarei para não pegar um resfriado, 
me cuidarei para não ficar doente. 
Me cuidarei, meu amor. 

— Martha Medeiros

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores :