Páginas

sábado, 8 de fevereiro de 2014

Ele é diferente. Ele não é só um cara. 
Ele te ouve como se te entendesse, fala como quem soubesse o que dizer 
e não diz nada muitas vezes, porque ele entende os silêncios. Ele existe. 
Você sabe que seriam bons amigos, bons parceiros, bons inimigos, 
mas você prefere ser a garota dele. 
E sabe que serão importantes na história um do outro para sempre,
 independentemente de tudo que estiver pra acontecer. 
Porque ele não é só um cara. Você não quer mais só um cara.
 E ele é tudo que você quer hoje. 

— Tati Bernardi

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores :