Páginas

sábado, 15 de fevereiro de 2014

Amar

A razão de amar é simples. Um e um são dois. 
Eu te amo + eu te quero = dou um jeito de ficar contigo. 
Dou jeito de andar do seu lado, de dividir tempo, cheiro, edredom, banheiro e melancia. 
A razão dos amantes não calcula-se no papel, na ponta do lápis. 
Sim no viver, sim no sentir. 
O amor existe no calor da iminência, do arredor, do tato e do contato. 
A frieza do resto, embora lembre um pouco amor, na real é qualquer bobagem. 

— Gabito Nunes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores :