Páginas

quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

[…] Ele sorria, seus olhos cor de mel brilhavam, ele estava deitado ao meu lado, 
fazendo carinho em meu rosto, cantava baixo em meu ouvido, 
ele me abraçava forte e dizia que tudo iria ficar bem, 
que ele estava do meu lado para tudo e não me deixaria nunca, 
ele me chamava de minha pequena…
Me virou para ele, sorriu, e selou um beijo, sorriu dentre ele, 
eu disse que o amava e sempre amaria, 
e neste momento eu acordei.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores :