Páginas

segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Tudo muda muito. Mas o que eu sinto nunca muda. 
Te amo e te odeio
Alternadamente. Com a mesma intensidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores :