Páginas

sábado, 7 de dezembro de 2013


"E ninguém, mas ninguém percebia que a sua raiva 
era um amor muito bem disfarçado, para que ninguém risse
para que ninguém o olhasse surpreso com a grandeza de seu coração."

- Caio F. Abreu


E ninguém, mas ninguém percebia que a sua raiva era um amor muito bem disfarçado, para que ninguém risse, para que ninguém o olhasse surpreso com a grandeza de seu coração.- Caio F. Abreu

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores :