Páginas

domingo, 24 de novembro de 2013

Quando a gente conversa, contando casos, besteiras… 
Tanta coisa em comum, deixando escapar segredos. 
E eu nem sei que hora dizer, me dá um medo… 
Que medo. E até o tempo passa arrastado só pra eu ficar do teu lado. 
Você me chora doresde outro amor, se abre e acaba comigo.
 E nessa novela eu não quero ser teu amigo… 
Eu já não sei se eu to misturando. 
Ah, eu perco o sono lembrando em cada riso teu, qualquer bandeira, 
fechando e abrindo a geladeira a noite inteira.

É que eu preciso dizer que eu te amo, te ganhar ou perder sem engano.
 É, eu preciso dizer que eu te amo… Tanto.

- Preciso dizer que te amo, Cazuza

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores :