Páginas

terça-feira, 12 de novembro de 2013

– Eu sinto a falta dela.
– E ela, será que sente a sua?
(Um breve silêncio)
– Talvez…
– Se sentisse já teria te procurado.
– Isso não justifica nada. Eu estou morrendo de saudades e não a procurei.
– É, talvez ela seja tão orgulhosa quanto você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores :