Páginas

sábado, 23 de novembro de 2013

Estávamos conversando já haviam horas sobre ele.

- Esse cara de quem você vive falando é aquele que tem aquele cabelo desajeitado, 
não é?
- É ele mesmo… (silêncio) Mas eu gosto do cabelo dele.

- Não… Não. Você não gosta do cabelo dele.
- Como assim?
- Você não gosta do cabelo dele. Você gosta dele! E por isso não se importa se ele tem um cabelo estranho, não faz a barba, se ele se veste esquisito, se bebe ou fuma. Você não se importa, porque gosta mais dele do que de qualquer um destes defeitos que todo mundo critica.
(silêncio)
- Acho que essa talvez seja a diferença entre gostar e amar alguém. 
Quando você gosta de alguém você aceita, mas quando ama alguém… 
Ama até dos defeitos da pessoa.
E eu o abracei.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores :