Páginas

quarta-feira, 16 de outubro de 2013

O ser humano me apavora. Não que eu seja melhor que alguém, não sou, não. 
Mas quem é meu amigo é meu amigo. Não finjo amores. E não passo a perna, não sou mascarada, minha diversão não é falar mal de você e depois fazer coraçãozinho com a mão. Se eu não vou com a sua cara ou não concordo com as suas atitudes, vou te respeitar, ser educada e ponto. 
Acho muito triste quem vive a vida alheia.
E por isso que gosto tanto de bicho. 
Minha cachorrinha não liga para minha TPM, não comenta com ninguém que estou acima do peso, não espalha por aí que minha unha está descascada, não conta meus segredos, não inventa história nenhuma, não dá sorriso falso. Ela é puro amor. Me recebe com lambidas, pulinhos e alegria. E depois só quer ficar quieta, ao meu lado. Em todos os momentos. E isso pra mim vale mais que tudo. E ela pra mim vale mais que muita gente que se diz “humana”.

- Clarissa Corrêa
O ser humano me apavora. Não que eu seja melhor que alguém, não sou, não. Mas quem é meu amigo é meu amigo. Não finjo amores. E não passo a perna, não sou mascarada, minha diversão não é falar mal de você e depois fazer coraçãozinho com a mão. Se eu não vou com a sua cara ou não concordo com as suas atitudes, vou te respeitar, ser educada e ponto. Acho muito triste quem vive a vida alheia.E por isso que gosto tanto de bicho. Minha cachorrinha não liga para minha TPM, não comenta com ninguém que estou acima do peso, não espalha por aí que minha unha está descascada, não conta meus segredos, não inventa história nenhuma, não dá sorriso falso. Ela é puro amor. Me recebe com lambidas, pulinhos e alegria. E depois só quer ficar quieta, ao meu lado. Em todos os momentos. E isso pra mim vale mais que tudo. E ela pra mim vale mais que muita gente que se diz “humana”.
- Clarissa Corrêa (animais são amigos) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores :